sexta-feira, 27 de julho de 2007

OLHOS DE AZEITONA



Olhos de azeitona,
Inquietantes
Quem te olha não mais esquece
Esse sorriso
Deslumbrante
Esse fogo que nos aquece

Esmeraldas caindo
Sobre os teus cabelos negros
Em caracóis cintilantes
Como estrelas fugindo
De galáxias distantes

E nesses teus cabelos negros
Ondulantes
Esmeraldas de luz reluzem intensamente
São cabelos negros
Cintilantes
Combinam com os teus olhos
Cor de azeitona,
Deslumbrantes

sfsousa

Um comentário:

Sandra Alves disse...

sou eu novamente... e, mais uma vez, embebida pelas tuas palavras Serafim!!!
Foste a inspiraçao literaria para a minha falta de inspiraçao sentimental... + uma vez te agradeço....
Sandra Alves